“O Milagre da Manhã”: minha experiência na mudança da rotina matinal

Contei aqui que li e coloquei em prática as sugestões de Hal Erold, autor do best seller “O Milagre da manhã”!

milagre da manha

O livro, realmente, instiga a nos engajarmos numa mudança sistemática e constante de rotina, partindo da introdução de práticas diárias, preferencialmente feitas no período da manhã, focadas na disciplina e no desenvolvimento pessoal.

Comecei a colocar isso em ação e realmente senti que tinha o potencial de “transformar a vida antes das 8h da manhã”, como prometia o livro.

O autor sugere acordar 1h antes do horário normal para iniciar com a sequência de rotinas que propõe. Há um tempo atrás, quando Isabela e Laura acordavam muito (muito mesmo) todas as noites, não sei se eu seria capaz de fazer esse esforço. Talvez eu não tivesse disposição física nem mental, muito menos emocional para tanto.

O livro chegou a mim no momento certo, porque não apenas eu estou tendo noites melhores e mais restauradoras de sono, como estou em um momento de buscar instaurar práticas diárias de autocuidado e disciplina pessoal para melhorar meu desempenho, consciência e resultado nas várias tarefas de todos os dias.

Ficou visível para mim, a partir de poucos dias praticando a nova rotina (o autor sugere 30 dias de prática para instaurar uma mudança concreta de hábitos), que a forma como eu acordava pela manhã e as minhas práticas matinais tinham impacto direto na qualidade do meu dia e nas minhas conquistas nas tarefas e trabalhos em que me envolvia.

Como minhas manhãs são mais tranquilas, minha meta é acordar 1h antes do horário que as crianças costumam acordar, o que significa 6h30 da manhã.

img_1642.jpg

A rotina matinal proposta pelo autor compreende “seis salvadores”: silêncio, afirmações pessoais, visualizações, exercícios físicos, leitura e escrita.

Eu procuro deixar tudo isso previamente organizado e pensado apenas para ser colocado em prática na manhã.

No meu momento de silêncio, faço exercícios de respiração que aprendi em um curso na “Arte de Viver” e que não tinha ainda conseguido praticar com regularidade e constância.

Minhas afirmações pessoais são feitas com antecedência e eu as divido em sete tópicos principais: saúde, mentalidade, emoções, finanças, relacionamentos, maternidade e trabalho. Eu sigo o direcionamento do livro para escrevê-las: 1. O que eu realmente quero; 2. Por que quero; 3. Quem me comprometo a ser para criar isso; 4. O que me comprometo a fazer para conseguir isso; 5.  Buscar frases e filosofias inspiradoras.

Sobre os pontos das visualizações, também penso antecipadamente e foco nos grandes sonhos e objetivos que pretendo alcançar no curto, médio ou longo prazo, e que estão falando mais alto para mim no momento atual.

Quanto aos exercícios físicos, eu não os pratico na sequência, mas sim no momento possível do meu dia, que é variável. Tenho conseguido melhorar a constância e a regularidade nos meus treinos desde então. (*segundo o livro, não há problema em segmentar ou fazer o “milagre da manhã” de modo personalizado, como for possível no dia de cada um, desde que se trate de uma prática consistente e regular).

Para a leitura, eu separo um livro inspirador, com mensagens mais profundas e de reflexão, para ler trechos curtos. Estou adorando ler Osho nessa hora!

Na escrita, a ideia seria fazer um diário ou escrever meus pensamentos. Como escrevo muito para o blog, mudei um pouco esse ponto para escrever diariamente um motivo de gratidão pelo meu dia e colocar no meu “potinho da gratidão”. O potinho estava abandonado e agora funciona a todo vapor, cheio de memórias importantes e gratificantes para mim.

Minha manhã começa assim: levanto sem despertador no horário proposto (acho que definitivamente estou ficando velha!), lavo o rosto, troco o pijama por roupas de ginástica, bebo um copo de água e preparo uma xícara de chá (eu sempre quis adquirir o hábito de tomar chá e nunca tinha conseguido. Estou muito orgulhosa de mim nisso também!).

img_4851

Sento em uma almofada num cantinho silencioso da casa e começo a rotina de práticas: silêncio, afirmações, visualizações, leitura e escrita.

Acontece de eu ser interrompida pelas crianças quando acordam mais cedo do que o previsto. Neste caso, eu explico para elas que estou em um momento importante e preciso que elas esperem. As vezes, elas meditam comigo, as vezes ficam no colo observando, ou participam de modo silencioso por perto.

No início, essa interrupção delas me irritava profundamente.

Depois de alguns eventos assim, desapeguei e apenas continuei o que estava fazendo, pedindo a compreensão e a espera delas. Isso é possível porque elas tem quatro anos e um pouco mais de autonomia; se fossem bebês, certamente eu teria que parar tudo para atendê-las e depois retomar quando e se desse.

Depois de começar a praticar isso com mais consistência e regularidade, eu senti mais vitalidade, bom humor, capacidade de concentração, melhoria na memória, mais disposição, menos reatividade às situações desagradáveis ou imprevistas. Passei a ver mais produtividade no meu trabalho, menor procrastinação na minha rotina de afazeres, mais segurança pessoal, maior autoestima…

Muitas das minhas visualizações e objetivos traçados também passaram a se concretizar. Não, não é mágica. Foi só juntar pensamento com ação, justamente o que é difícil para mim e para a maioria das pessoas no meio do turbilhão da vida diária. Eu simplesmente comecei a ter mais compromisso com a minha palavra, não com o que prometia para o outro, mas com o que prometia para mim mesma. Afinal, nós deveríamos ser o centro das nossas próprias vidas e constantemente nos deixamos de lado…

Tenho sentido muitas melhorias!

Não me considero a pessoa mais matinal. É bom dormir. Só que, depois dos filhos, meu dormir foi radicalmente transformado. Dormindo pouco e tendo uma lista repleta de afazeres para cumprir no dia, tinha a sensação de não ser produtiva, eficiente nem competente em muitas tarefas. Depois de criar a rotina matinal focada em mim, no meu crescimento, tenho me sentido bem mais disposta e pronta para todo o dia que se segue!

Nada do que eu fale aqui pode ser tão grandioso quanto a experiência e a prática de cada um, portanto, deixo o convite para que você também comece algumas mudanças na sua rotina matinal e na sua mentalidade como um todo. Posso dar a certeza de que muitos aprendizados virão dai…

Milagre da manhã

Fotos: Google; Google; Miraclemorning.com; Acervo pessoal; Google
Anúncios

Deixe aqui o seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s