Papinhas de bebê para viagem

Quando viajamos com Isabela e Laura pela primeira vez, elas já estavam na fase da introdução alimentar, comendo frutas e papinhas salgadas. Quando fui me organizar para a viagem, fiquei bastante preocupada em manter a rotina alimentar das duas e não queria apelar para industrializados ou comidas de procedência e conteúdo duvidoso.

Isabela e Laura não estavam tão engatadas assim na alimentação e inovar nesse quesito, em uma viagem, em um ambiente todo novo, poderia ser um pouco trágico e agregar bastante estresse ao nosso projeto de divertimento. Era melhor manter a rotina!papinha-para-viagem1

Levei todas as refeições das meninas para almoço e jantar prontas de casa, congeladas.

Fizemos o transporte da comida em uma bolsa térmica com gelo (como essa primeira viagem foi de carro e o trajeto era relativamente curto, não houve problemas).

Já no hotel, armazenamos os potinhos de papinha no congelador da geladeirinha do quarto. Certo tempo antes do horário da refeição, tirávamos o potinho do congelador para descongelar e, pouco antes do horário de cada refeição, aquecíamos na Copa Baby disponível na pousada.

A estratégia deu super certo! As meninas comeram bem e mantiveram a qualidade e a rotina da alimentação.

Nas outras viagens que fizemos, inclusive com distâncias maiores, de avião, mantivemos essa linha: programamos a quantidade de dias e de refeições necessárias e levamos de casa as comidinhas prontas e congeladas, acondicionadas em sacolas térmicas.

No avião, levamos a sacola térmica como bagagem de mão, para garantir a integridade e temperatura da comida.

Se a viagem for para a casa de parentes, ótimo, porque não há dificuldade com cozinha, geladeira, fogão. Dá para levar uma parte das papinhas prontas e preparar a outra parte no próprio local, fresquinha. Se quiser levar tudo pronto para não perder tempo, também vale a pena!

papinha-para-viagem3Se vamos nos hospedar em hotel, escolhemos lugares com uma estrutura mínima e sempre conferimos o que exatamente o local disponibiliza, para poder armazenar e aquecer a comidinha das meninas (viajando com filhos, acabamos nos preocupando um pouco mais com a estrutura disponível do que faríamos em uma viagem apenas de adultos!).

Guardamos a comida das meninas ou no frigobar do quarto do hotel ou na geladeira da cozinha do hotel. Pedindo com jeitinho, eles deixam usar o espaço. Usamos a cozinha do hotel também para aquecer a comida.

É um esforço que vale a pena e não é um bicho de sete cabeças! Requer só um pouco de planejamento e antecedência.  Assim, você garante a alimentação saudável do bebê fora de casa também…


Fotos: Pais & Filhos, Flashes de Viagem

 

Anúncios

Deixe aqui o seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s