A bondade que mora nas crianças

Não sou profunda conhecedora de psicologia, pedagogia, medicina, religião ou qualquer outra espécie de conhecimento hábil a dar contornos mais técnicos a uma análise do comportamento humano, mais precisamente, o infantil. Sou simplesmente uma curiosa inquieta, como é da minha natureza geminiana de ser (sim, sou do signo de gêmeos e tive gêmeos, seja lá o que isso quer dizer…). Depois que as meninas passaram … Continuar lendo A bondade que mora nas crianças