15 Dicas sobre Roupinhas de Bebê

  1. Mesmo sem viajar para fazer o enxoval fora, faça uma lista do que comprar (e siga-a! rs). Dividida sua lista por tipo de roupa, tamanhos, cores, atentando para a época do ano em que o bebê provavelmente usará as roupas para escolher melhor conforme as estações e temperaturas do ano. A lista também pode incluir acessórios e outros objetos úteis para os cuidados com o bebê.
  1. Roupas de bebês até os seis meses de idade normalmente ficam como novas e podem ser pouquíssimo usadas. Por isso, vale a pena pegar as roupinhas do bebê daquela amiga ou mesmo comprar desapegos de alguém, para começar seu enxoval gastando pouco e apenas com o necessário. Menos é mais. A vida hoje pede menos consumismo e atitudes mais “verdes”.
  1. Não invista muito em roupas de tamanhos menores como “prematuro” ou “recém nascido”. Bebês crescem rápido e logo perdem essas roupinhas. Se você está grávida de gêmeos, é bom ter ao menos algumas peças desses tamanhos; é que múltiplos normalmente nascem menores que bebês únicos ou mesmo antes da época prevista (esse foi o caso das meninas, que vieram com quase 34 semanas e menos de 2kg. Elas vestiram roupas de recém nascido até próximo dos seus dois meses de vida).

roupinhas de bebe

  1. Para o bebê recém nascido (a não ser que more em um local muito, muito quente!), não tenha muitas roupas cavadas ou curtas. Os recém nascidos não regulam bem a temperatura corporal e tem de ficar mais aquecidos, daí porque são interessantes macacões compridos, calças compridas, bodies manga longa, meias, cueiros, mantas, toucas.
  1. Ainda para recém nascidos, tenha alguns kits de meias, luvas e gorrinho. Assim que nascem, os bebês precisam ter as extremidades do corpo bem aquecidas. Luvinhas e gorros serão mais usados nos primeiros dias/meses do bebê. Depois as luvas nem param nas mãos, pois o bebê começa a se movimentar mais, e os gorros são usados apenas fora de casa em temperaturas mais baixas. Já as meinhas, serão sempre úteis! Para quando o bebê começar a engatinhar ou se equilibrar em pé, meias com solado de borracha são ótimas.
  1. Há macacões com pé e punhos reversíveis, que, quando virados, cobrem os pés e as mãos do bebê, mas que também podem ser usados abertos, dando uma vida útil maior pra roupa. Há também bodies com punhos reversíveis que viram luvinhas e são muito úteis para bebês menores.
punho reversivel
Olha a manga reversível do body amarelo e o pé reversível da calça branca…
  1. Roupinhas com golas e muito frufrus para bebês recém nascidos não são muito funcionais. As golas, ao menos para mim, atrapalhavam um bocado na hora de amamentar porque sempre ficavam viradas e, como eu não tinha aquela expertise toda no início, era uma dificuldade para tirar o obstáculo do caminho na hora de dar de mamar.
  1. Calças e macacões com pé são roupas que se perdem com muita rapidez porque não acompanham bem o ritmo de crescimento do bebê e logo apertam. Compre poucos e prefira aqueles com pé/punho reversível.
  1. Invista em roupas básicas, de cores únicas, fáceis de combinar. E, principalmente, tenha MUITOS bodies brancos, de todos os tamanhos e tipos. Repito: MUITOS bodies brancos. Eles são ótimos para o dia a dia dos bebês.
  1. Não exagere nas roupas com plush. Elas são lindas, eu sei. Mas se você não mora em um lugar realmente frio, elas serão pouco úteis. Roupas compridas de algodão são suficientes e sempre se pode vestir o bebê em camadas, colocando body embaixo de macacões para aquecê-los melhor se for preciso.

varal de roupinhas

  1. Se possível, deixe para comprar aquela roupa de festa para o bebê se de fato houver uma ocasião já prevista para ele usá-la. Caso contrário, você corre um grande risco de a roupa ficar intacta, inutilizada e pequena no armário.
  1. Fraldinhas e paninhos de boca são muito úteis. Tenha em uma quantidade boa que permita a troca com frequência e não falte enquanto espera a lavagem.
  1. Camisetas são mais legais para bebês maiores que já estão com o corpinho mais firme. Em bebês menores, acabam sendo desconfortáveis porque não param presas, sobem o tempo todo e deixam o bebê desprotegido.
  1. Tolhas de banho com a toalha-fralda embutida facilitam muito a vida na hora de dar banho no bebê. Evita malabarismos para deixar as duas toalhas soltas na posição certa quando chega o momento de tirar o bebê da água.
  1. Invista em sapatinhos para o bebês depois dos 3 ou 4 meses de vida. Nos primeiros meses, o bebê usa mais meias, macacões e calças com pé ou sapatos de crochê, que são mais confortáveis. Nesse período, as saídas de casa também são poucas e não pedem grandes produções. Quando os bebês estão maiores, os sapatos são ótimos acessórios. Sempre fique de olho porque os pés dos bebês crescem de uma semana para outra e o sapato que cabia na semana passada pode não entrar mais nessa.

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe aqui o seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s